quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

St. Augustine - charme nos USA!


Primeira escola americana

A cidade de St. Augustine fica localizada no nordeste da Flórida, a aproximadamente duas horas de Orlando e é chamada de Ancient City, por ser a cidade mais antiga dos Estados Unidos. De clima quente e agradável durante praticamento todo o ano, St. Augustine tem praia e história.Além disso, o verde da cidade atrai esquilos e pássaros por todo canto. É um passeio fácil de fazer em apenas um dia, para quem está de visita a Orlando ou Daytona Beach.
O que fazer:
1 – Castillo de San Marcus - este forte (adoro visitar fortes!) foi construído pelos espanhóis entre 1672 e 1695, todo em pedra e conchas - um material chamado coquimba, e protegeu o território de invasões por séculos. Vale a pena conhecer o seu interior, com a visita guiada e representações da época que o forte estava em funcionamento. Além disso, o forte oferece uma bonita vista da cidade e praia.
2 – Passear pela charmosa George Street e arredores, andando até o portão da cidade, é uma opção de passeio muito simpático. George Street é o endereço de casas históricas datadas de diversos períodos, de lojinhas, de restaurantes e galerias de arte.  É onde está localizada a primeira escola, de madeira, dos Estados Unidos, datada do início de 1700. 
3 – Para entender melhor a história de St. Augustine vale a pena pegar o Old Town Trolley Tours para um divertido city-tour.
4 – Fort Matanzas – este não tive tempo de conhecer, mas parece muito interessante.
5 – Outras bonitas construções: Flagger College, Memorial Presbyterian Church e Lightner Museum.

Leia muito mais sobre St. Augustine clicando aqui!

Clique aqui e visite outros destinos na Flórida.



Jardins do Flagger College







terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Praia da Ferradura, Búzios, Brasil

Tranquilidade das águas da Praia da Ferradura

Com aproximadamente 1,5 km de extensão de areia clara e águas cristalinas, a Praia da Ferradura, que vista do alto tem o desenho de uma ferradura, é o lugar ideal para um dia de lazer a beira mar. Sua vegetação rasteira, repleta de bromélias, dá um ar selvagem ao lugar. Suas águas calmas e transparentes são perfeitas para esportes como caiaque, mergulho, wind-surf, entre outros. Na beira da praia alugam equipamentos aquáticos e patinhos pedalinhos, além de guarda-sóis e cadeiras. O bairro é tranquilo, repleto de mansões e bons hotéis. Para chegar a Ferradura, entre no trevo da Ferradura, na entrada da cidade, onde fica o posto Esso.
Translation to english:
With approximately 1.5 km of white sand and crystal clear waters, the Praia da Ferradura, that view from the top has a drawing of a horseshoe, is the ideal place for a leisurely day by the sea. Its vegetation, filled with bromeliads, gives a wild air to the place. Its calm, clear waters are perfect for sports like kayaking, snorkeling, windsurfing, among others. On beach you can rent water equipments and ducklings paddle boats, and umbrellas and chairs. The neighborhood is quiet, plent of big houses and good hotels. To reach Ferradura, at the entrance of Buzios, go to the Trevo da Ferradura, where is the Esso station gas.

Clique aqui para acessar um índice com todas as postagens referentes a Búzios

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Espanha: Madri e seus encantos!

Gran Vía a noite

Madri e Barcelona são cidades distintas como São Paulo e Rio de Janeiro. Mas em uma coisa não se distinguem: ambas são lindas capitais, com uma alegria efervescente. Madri está para a noite, assim como Barcelona está para a praia. Nesta postagem, seguindo a série do roteiro Lisboa, Madri e Barcelona, me dedicarei a comentar um pouco sobre a cidade de Madri.

1 – Puerta Del Sol: é o epicentro da cidade, de onde partem as principais ruas madrileñas e as principais estradas Espanholas. É o quilômetro zero do país. Fica no centro da cidade, perto de tudo. Por isso, se você puder se hospedar o mais perto do Sol, você estará muito bem localizado. Em Puerta Del Sol você encontrará a estátua de bronze de uma ursa. Em espanhol Oso – chama-se El Oso y El Madroño – que é uma árvore. Na verdade, a ursa simboliza a fertilidade do solo espanhol e a árvore, sua aristocracia.  Este é o símbolo da cidade de Madri.

2 – O que fazer: partindo da Puerta Del Sol (para chegar aqui de metrô, desça na estação Sol) cheque em seu mapa e vá a pé em todas as atrações relacionadas. Veja que tudo fica localizado ao redor da Puerta Del Sol:
• Plaza Mayor
• Palácio Real
• Estação de Atocha – a curiosidade deste local fica por conta da floresta tropical, toda climatizada, existente no interior da estação.
• Parque Del Retiro (ao lado de Atocha) – assim como o Hide Park está para Londres, o Jardim Botânico para o Rio de Janeiro e o Central Park está para New York, o Parque Del Retiro está para Madri...
 • Museo Del Prado - Suas principais obras são relacionadas aos pintores espanhóis Diego de Velázquez e Francisco Goya.
 • Museo Reina Sofia – Recomendo também uma visita à delicadeza deste museu que está do outro lado da rua do museu do Prado.
• Plaza de Las Cibeles com edifício do Palacio de Comunicaciones – praticamente ao lado do Museu do Prado.  Um dos mais importantes símbolos de Madri.
• Gran Vía
• Estádio de Santiago Bernabéu - sede do time de futebol Real Madri.
• Feria de Rastro – se sobrar tempo, em Domingos e feriados funciona no bairro La Latina, aonde se chega facilmente de metrô (estação de mesmo nome: La Latina), uma enorme feira com grande concentração de gente e barracas que vendem desde artigos de primeira a segunda mão. Ótimo para quem gosta de antiguidades!
Paella: típica refeição espanhola
3 – Gastronomia: quando falamos de Espanha, as paellas são os primeiros pratos em que pensamos, seguidos dos vinhos. Mas há que se comer de tudo um pouco. Em Madri, vale experimentar um cozido madrileño. Não deixe de ir ao Museo del Jamón (Calle Gran Vía, 72) e experimentar um sanduíche recheado com o verdadeiro presunto espanhol. Experimente também churros com chocolate quente, lanche típico das tardes frias em Madri. Na Espanha todos os pratos quentes vem acompanhados de água mineral ou vinho e pão. Os pães espanhóis são maravilhosos, feitos com puro trigo.
4 – Compras: além de encontrar uma profusão de lojas de grife pela cidade, não deixe de visitar as lojas de El Corte Inglés, grande rede espanhola de lojas departamento.
5 – Outra dica: vale entrar em todas as igrejas católicas que encontrar pelo caminho para ver suas belas arquiteturas, algumas típicas do período medieval ou gótico.

Desde Madri é fácil visitar a cidade de Segóvia e Toledo.

Se você gostou desta matéria, poderá curtir também A Barcelona de Gaudí , Visitando Lisboa e Portugal e Espanha para iniciantes

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Aceito mais dicas para Bariloche, Argentina!



Divulgação: Meu sonho Argentina, Patagônia e
 Terra do Fogo - Blogspot
Uma amiga pediu uma postagem para Bariloche. Não acredito que a Bariloche que visitei de passagem em 1993, ainda seja a mesma. Por isso, das poucas lembranças que ficaram, a mais forte foi do aconchego e do calor no interior de um restaurante, constrastando com o frio intenso do lado de fora, branco e coberto de neve. E do cão São Bernardo que saudava os turistas, enquanto comia a neve acumulada nas calçadas. Isto foi em um mês de maio, quando a neve já caia intensa dando um show de beleza. As dicas que tenho são as seguintes:
1 - Se o seu objetivo é ver neve, vá a partir de junho, quando a neve é mais garantida;
2 - Não faça um programa muito longo, de muitos dias, pois com o tempo, o frio e a neve cansam;
Divulgação: Meu sonho Argentina, Patagônia e
Terra do Fogo - blogspot
3 - Para viagem com crianças, não deixe de visitar Piedras Blancas, pois além de poder esquiar, tem pistas de esquibunda, garantia de diversão na certa;
4 - Vale contratar um passeio para ver os Lagos Andinos com suas diversas tonalidades e uma natureza exuberante;
5 - Gastronomia: vinhos, chocolates recheados com frutas e comidas quentes, claro!
Bariloche fica aos pés e no início da cordilheira dos Andes. É uma pequena cidade com uma arquitetura típica em pedra e madeira. O frio é intenso, por isso prepare-se com roupas bem quentes.
Dica importante: ao hospedar-se em um hotel que ofereça quartos com lareira, tome cuidado com a utilização da mesma. Não feche totalmente o ambiente (portas, janelas) pois o fogo consumirá grande parte do oxigênio existente, podendo asfixiar os hóspedes enquanto dormem.

Leia mais sobre a Argentina clicando aqui.

Você poderá se interessar por cidades como Punta Del Leste, Ushuaia, Santiago do Chile.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Laissez les bon temps rouler! - Curtindo a vida em New Orleans, Lousiana, USA



Estive em New Orleans pouco antes da visita do furacão Katrina, por isso, a cidade deve ter sofrido algumas alterações devido as destruições e reconstruções ocorridas. Mas acredito que a alma musical da cidade tenha permanecido intacta, já que almas são a prova d'água.  Se você curte Jazz e vida noturna movimentada, você está no caminho certo, pois assim é New Orleans: música, música e mais música!

Fundada em 1718 sob controle francês, a cidade de New Orleans é famosa por seus balcões e sua arquitetura com forte influência francesa, o que a distingue totalmente da arquitetura americana. Por isso, recomendo que você se hospede no centro histórico da cidade, localizado no Bairro Francês, pois assim viverá a cidade em sua essência.

Para curtir New Orleans de verdade, você deve gostar da noite. Pois é quando tudo acontece. A festa mais tradicional da cidade coincide com o nosso Carnaval. Eles também celebram o Carnaval, na mesma data que é celebrado em todo o mundo. Lá se chama Mardi Gras e tem direito a desfiles e máscaras. Além disso, durante todo o ano os turistas são estimulados a saírem com seus colares de contas, oferecidos pelos hotéis, para celebrar a vida em New Orleans. Pelas ruas os shows dos artistas anônimos dão o ritmo do Jazz, Blues e Rock'n"Roll e festejam a cidade.

Guarde um pouco de energia para conhecer a cidade durante o dia:
  • Bourbon Street - vale a pena percorrer a principal rua do Bairro Francês, repleta de bares, restaurantes, hotéis, boutiques e casas de espetáculos, incluindo strip-tease. Pela parte da tarde, a rua é fechada para os carros, permitindo que as pessoas e artistas de rua circulem a vontade.
  • Jackson Square - esta bonita praça é um dos cartões postais da cidade. Jackson Square, como qualquer praça de cidade de interior, tem escadarias e a bonita catedral de St. Louis. Aqui também fica o Cabildo, lugar onde foi assinada a compra da Lousiana pelos USA, em 1803. E o Presbytére, que atualmente abriga o Museu de Mardi Gras.
  • French Market - aberto 24 horas, o mercado francês é um típico flea market, onde você encontra de tudo um pouco. Desde souvenirs, camisetas, iguarias a produtos provenientes de fazendas locais. 
  • The Moonwalk - vale a pena fazer um passeio as margens do rio Mississipi, vendo todo o tráfego de embarcações. E se você tiver tempo sobrando, por que não pegar um vapor do Mississipi para um romântico passeio?
Gastronomia - estando em New Orleans, você tem que experimentar o verdadeiro tempero da comida Cajun e Creole, não esquecendo de comprar umas pralinés.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Rua das Pedras, Búzios, Brasil


Passear a tarde ou a noite pela rua das Pedras é um dos bons programas de Búzios. Lugar com super alto astral, muita gente bonita e, de quebra, um comércio para lá de charmoso. Pela rua das Pedras você encontrará as butiques mais transadas do Rio, restaurantes românticos, casa noturna, sorveterias especiais, entre outros. O comércio fica aberto até a madrugada e não abre pela parte da manhã. Vale comer um crepe no Che Michouz, o lugar mais badalado da rua!
Rua das Pedras pela manhã
Translation to english
Walking in the afternoon or evening in the street of Pedras (stones) is one of the good programs in Buzios. The place is super high-spirited, and full of beautiful people, beyond a charming trade. In the street of Pedras you will find the most in boutiques of Rio de Janeiro, romantic restaurants, nightclub, special ice cream, among others.The stores are open until dawn. and don't open in the morning. It is nice to eat a crepe in Che Michouz, the most fashionable  place of the street!

Clique aqui para acessar um índice de postagens referentes a Búzios

Visitando Lisboa, Portugal

Em Lisboa vá de Mercedez

Em 2008 estive em Lisboa. Fiquei impressionada em como a cidade se modificou desde minha última visita em 1995. Estava muito mais bonita, com seus prédios revitalizados e bem preparada para receber os turistas. A impressão que tive foi a melhor possível. Ultimamente porém, amigos retornando de lá, têm trazido a notícia de que a crise da zona do Euro tem afetado muito a cidade. Mas acho que em qualquer época, Lisboa será sempre maravilhosa!
  • Ao chegar em Lisboa pelo aeroporto pegue um táxi para o hotel. É barato e você irá em uma Mercedez, já que esta é a marca utilizada nos táxis do aeroporto de Lisboa. 
  • Elevador de Santa Justa
  • Um passeio imperdível em Lisboa - pela manhã vá até o Cais do Sodré e pegue o comboio (trem) com destino a Cascais. No meio do caminho desça em Belém, para visitar o Padrão dos Descobridores, a belíssima Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos. Vale subir no Padrão dos Descobridores (paga-se uma pequena taxa para o elevador), pois do alto você terá uma bonita vista da cidade e do Rio Tejo, que permite o tráfego de embarcações provenientes do Oceano Atlântico. O Mosteiro dos Jerônimos demanda mais tempo para conhecer seu interior. Não deixe de comer os famosos pastéis de Belém na verdadeira fábrica, ao lado do Mosteiro. Retome o trem até Cascais. A praia é linda e tem restaurantes deliciosos por toda área. Vale almoçar por lá.
  • No centro de Lisboa - visite o Elevador de Santa Justa (1901), que liga a Baixa Lisboa a Cidade Alta. Do alto você tem uma linda vista da cidade. Vale um passeio pela Cidade Alta, que conserva o esplendor de tempos antigos, por toda sua arquitetura. Aprecie também a arquitetura com forte influência Moura, por toda parte. De volta a parte baixa, no centro, pegue um elétrico (bonde) para uma volta pela cidade.
  • Um passeio pelo Rio Tejo – se você tiver um pouco mais de tempo, pode optar por pegar o catamarã que atravessa o Rio Tejo, ou apenas ir às suas margens e passear pela Praça do Comércio (Terreiro do Paço). Fica a poucos passos do centro da cidade e é belíssima.
Vitrine da Confeitaria Nacional
Gastronomia: considero Portugal, assim como o Brasil, um dos lugares onde melhor se come no mundo. Por isso, fartem-se de doces portugueses, bacalhau e atum fresco, tudo com muito azeite e vinho português, é claro. Se você não dispensa o café do fim de tarde, vá a Confeitaria Nacional, bem na Praça da Figueira (próxima ao Elevador Santa Justa), no centro de Lisboa.

Se você tiver tempo extra, vale fazer passeios nos arredores de Lisboa, como Fátima, para os católicos e até esticar para uns dias no Porto.
  • Como em todas capitais da Europa, não deixe de visitar uma loja da Zara em Lisboa. Eles tem ótimos preços.

Clique aqui e leia outras matérias sobre Lisboa.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Portugal e Espanha para iniciantes


É fácil fazer Portugal e Espanha por conta própria. Os idiomas falados nestes países facilitam tudo, até para viajantes iniciantes. Gosto de estimular as pessoas a viajarem de forma independente, pois acredito que esta é a melhor forma de realmente se conhecer uma cultura, sua gente, misturando-se ao povo local.  É um roteiro fácil, com preço acessível, além de maravilhoso!                             
                      
Torre de Belém - Portugal
•  Voo de ida do Rio ou São Paulo para Lisboa;
•  Umas 3 noites em Lisboa;
• Voe ou pegue o trem noturno leito de Lisboa para Madri - sai da Estação de Santa Apolônia (uma opção interessante para quem quer economizar uma noite de hotel e viver um pouco de aventura);
• Umas 3 noites em Madri;
• Pegue o trem bala desde Madri para Barcelona - pode comprar com antecedência pela internet, no www.renfe.com . O trem sai da estação de Atocha. Em Atocha, não deixe de ver a floresta tropical climatizada, dentro da estação. Vale a visita;
• Umas 3 noites em Barcelona;
• Voo retorno de Barcelona para Rio ou São Paulo.
Uma boa opção é durante esta viagem inserir um cruzeiro de uns cinco dias pelo Mediterrâneo que, dependendo da data, tem preços irresistíveis. Há muitos navios saindo de Barcelona. Em outras edições postarei roteiros detalhados e fáceis para o viajante fazer por conta própria nas cidades de Lisboa, Madri e Barcelona.

Para saber dicas que complementam este roteiro, clique em Visitando Lisboa, Madri e seus encantos, A Barcelona de Gaudí, Navegando pelo Mediterrâneo.

Outras matérias sobre Lisboa, clique aqui.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Um pouquinho de Fortaleza - Ceará - Brasil


Na verdade, não poderei discorrer muito sobre Fortaleza, já que estive lá por apenas um dia, desembarcada de um navio de Cruzeiros da MSC. Mas o pouco foi suficiente para sentir o clima do lugar e da gente. Lembrou-me o Farol de São Tomé (RJ), lugar que pouquíssima gente deve conhecer. Fortaleza é uma bonita capital que tem uma natureza selvagem, com seu vento intenso, sol fumegante, águas de temperatura agradável e sua gente simples. Pegamos um táxi do porto para a praia do Futuro, pois era o modo mais rápido de se conhecer o lugar. Veja abaixo as minhas impressões.
Serviços de táxi – dá para confiar em alguns motoristas e em outros não.
Jegue encapuzado na praia de Cumbuco
Praias Visitadas:

Praia do Futuro – Seguindo recomendações fomos lá, em busca de caranguejo para comer. A praia do Futuro fica a poucos minutos do centro da cidade. É uma praia bem popular, mais urbanizada e frequentada por muita gente. Como o tempo não estava muito firme por lá, decidimos esticar até...
Praia de Cumbuco – Uma praia com grande extensão de areia, dunas e lagoa. Lugar muito bonito e gostoso de ficar. O sol lá abriu totalmente. Água de coco geladinha, caranguejo (sim, foi lá que comemos!) e muita castanha de caju, para variar. Em Cumbuco há ainda passeios de Bugre, quadriciclo, aluguel de cavalo e jegue, entre outras coisas. O melhor de tudo é que os jegues andam muito arrumados, floridos e não sei por que, de boné. Achava que com tanto pelo, jegue não carecia de proteção solar.  Dá para pegar uma boa praia em Cumbuco! Recomendo. Fica a uns 25 quilômetros da praia do Futuro.

Mais uma vez, um pouco de artesanato nordestino: não deixe de visitar a Feira de Artesanato da Praia de Iracema, um espaço que reúne uma ampla gama de artesãos locais.

Em outra viagem pretendo ir também a Praia de Icaraí e em Canoa Quebrada - esta última um pouco mais longe da cidade -, que não deu para conhecer da última vez.

Para ler sobre outros destinos no nordeste acesse os links abaixo:
Natal é tudo de bom!
Ólinda situação por uma cidadela!
Salvador, Ba



terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Natal, Rio Grande do Norte, é tudo de bom!


Calor, praia e vento contínuo, somado a muita água de coco e comidas típicas, dá uma leseira doida. Assim é Natal, localizada no estado do Rio Grande do Norte, Brasil.
Para curtir ao máximo, seguem algumas sugestões:
1 – Hospedar-se em Ponta Negra é uma boa opção. O bairro é bem turístico, concentrando  comércio, restaurantes e hotéis além,  é claro, de uma boa praia. A vista mais famosa é o Morro do Careca, uma duna fixa que é o cartão postal do lugar.
2 - Dicas gastronômicas: as lojas que vendem castanhas de caju de todos os sabores. Só não exagere na dose senão dá piriri. Sobre restaurantes, também em Ponta Negra, recomendo o Restaurante Barraca do Caranguejo, que é um rodízio de pratos com camarão preparado de todo jeito. Preço bom, localizado a beira-mar, no final da praia, perto do morro do careca.  Para a comida típica nordestina, nada como ir ao Tábua de Carne, também rodízio. E para comer pratos diversos, especialmente frutos do mar, o Camarões.
3 – Dependendo do número de noites que vai ficar em Natal, sugiro os seguintes passeios:
Vista da Praia de Genipabu com dunas móveis
• Genipabu (25 km da cidade) – praia maravilhosa, com dunas móveis e diversas opções de lazer como esquibunda, passeio de jangada, passeio de bugre pelas dunas, passeio de dromedário, etc. Fiz o passeio de dromedário e adorei. E o de bugre com direito a emoção com cabelos ao vento. No mais, vendem de tudo um pouco para comer na praia. Caranguejo e lagosta fresca! Passeio bacana!
• O maior Cajueiro do Mundo está plantado pertinho de Natal, em Pirangi. Você pode aproveitar para fazer o passeio de barco pelas piscinas naturais de Pirangi, uma formação de corais e arrecifes, que na maré baixa aflora à superfície, criando pequenos aquários. Visita que fiz uma única vez, com muito medo de destruir os corais. Nos barcos eles alugam óculos, snorkel e sandálias de borracha, que recomendo, pois protegem os pés de possíveis cortes nos arrecifes. Não vá embora de Pirangi sem provar uma deliciosa tapioca com suco de caju.
• A aproximadamente uma hora e meia de viagem, no município de Tibau do Sul – RN está localizada a Praia da Pipa. Encantadora pelas falésias e sua natureza selvagem. Golfinhos em profusão nadam, principalmente, na Baía dos Golfinhos e em Praia do Madeiro. Esta última, classifico como uma das mais lindas praias, entre todas  que conheço no mundo. Tem uma aura mística, cercada pela mata adornada de coqueirais, que repousa sobre as falésias. Quem gosta de surf, body board ou caiaque, pode contar com aluguel no local. Praia do Madeiro fica pouco antes da entrada da Praia da Pipa. Estacione o carro na estrada e desça a trilha pela mata. Há que se visitar. Imperdível se você tiver chance de ir a Pipa!
Forte dos Reis Magos
• Forte dos Reis Magos – passeio histórico - fica localizado na praia do Forte, perto de Ponta Negra. O nome do forte se deve ao fato de que a construção foi concluída em 6 de janeiro de 1598, Dia de Reis.  Foi construído sobre os arrecifes, para garantir que o embasamento fosse sólido. Foram utilizados principalmente areia, óleo de baleia, bronze e grandes pedras de granito trazidas de Portugal. O forte foi dominado pelos holandeses de 1630 a 1654, quando foi retomado pelos portugueses.  Toda essa História é contada com riqueza de detalhes pelos guias que trabalham no forte, com remuneração a critério do visitante. Recomendo!

Não sou fanática pelas compras, mas gosto sempre de dar uma checada:
• Artesanato nordestino em profusão você encontra na Feirinha de Artesanato de Ponta Negra. Bom lugar para objetos de decoração e pequenas lembranças.
• Natal Shopping  - desde Ponta Negra, tem um ônibus que vai direto até o Shopping. Este shopping é simpático, pois tem bons cinemas e praça de alimentação variada. Às vezes a gente enjoa das comidas típicas...
Praia de Madeiro, boa para ver golfinhos desde a areia

Outras dicas: alugar um carro para ir a Praia da Pipa e para Genipabu, pode ser uma boa opção, pois dá liberdade durante o passeio. Mas existem bons passeios à venda lá mesmo ou nas operadoras de turismo. Para Natal, os pacotes incluindo transfer, hotel e aéreo, costumam ter bons preços e funcionar a contento.

Para ler sobre outros destinos no nordeste acesse os links abaixo:
Ólinda situação por uma cidadela!
Salvador, Ba
Um pouquinho de Fortaleza, CE

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Disney por conta própria - casal com crianças em Orlando

Nadando com golfinhos - experiência no Discovery Cove - Orlando

No momento, lembro de seguintes recomendações: escolha uns bons parques como Magic Kingdom, Animal Kingdom, Epcot Center (estes todos da Disney)Universal I, Sea World (muito bom para as crianças) e algo mais, mas deixe tempo livre para vocês descansarem e conhecerem um pouco da vida americana. Quero dizer, entre um parque e outro, intercale um dia para pegar piscina no hotel se fizer calor, ou sair para umas comprinhas, tanto em outlets como no Walmart, Target, Best Buy, comer guloseimas... Anote: na International Drive tem o Sizller que é um bufett de comida, com tudo incluído (all u can eat).  Você paga algo em torno de 8 dólares por pessoa (criança sempre paga bem menos em tudo nos USA) e tem uma boa refeição com boas saladas, pratos quentes como feijão, arroz, carnes, massas - tudo com tempero um
Ripley's - museu em casa torta
pouquinho diferente, americano, mas comida boa. E sobremesa incluída. A bebida é refil e eles tem uma boa limonada. Ah, e o segredo é chegar antes das 16h, pois o preço do almoço sempre é mais barato que jantar. Gosto de cuidar da alimentação pois, ficar só nos fast foods não é legal para a saúde no fim de 4 dias. Tem o IHOP (casa internacional das panquecas, com boas panquecas, omeletes, as doces recheadas de frutas vermelhas, as salgadas, etc.). O Dennys, como opção de fast food é muito bom. Passo longe de MC Donalds por lá, no máximo vou ao Burger King. Se quiser comer os donuts mais maravilhosos do planeta, descubra uma casa Krispy Cream. Pode ir na Wendy's também. Com sorte vc acha o Subway. Não tenha medo dos lugares diferentes, evite ir nos conhecidos apenas, pois você deixa de provar muita coisa boa. Tente os wraps mexicanos do Taco Bell. Muito baratinho. KFC é a comida mais popular. Barato demais por
Epcot Center
lá. E no mais, compre no Walmart com mercado, coisas para o dia a dia como frutas, biscoitos, sucos, leite, cream cheese, pão fresco, integral, iogurtes, etc. Tem restaurante brasileiro na International também, mas ultimamente, com a gama de opções nem costumo ir lá. Dos outlets, recomendo fortemente o Outlet Premiun, que fica localizado no final da International Drive. Não deixe de ir ao Disney Village, o Market Place com todas as lojinhas da Disney. Só que ali você encontra muitas coisas em promoção, que seriam mais caras dentro dos parques. Fica lá mesmo no complexo da Disney, não paga para entrar e é muito temático e bonito, dá para ter um dia de diversão com os personagens, sem pagar entrada para todos. Não tem atrações como brinquedos, mas as lojas em si são atrações para as crianças, de tão lindas. Vale conferir. Um dia curtindo a própria International Drive já é bom. Tem a Ripley's uma casa maluca e aquela loja de brinquedos famosa Toys'r'us. Em Kissimee, na Irlo Bronson, tem o Old Town, um shopping ao ar livre que é legal, pois tem montanha russa, acho que roda gigante, mini kart, elástico e outros brinquedos. Vale passear de tarde ou de noite. É movimentado, cheia de tipos americanos. Se você fala inglês, alugue carro sem medo. Dirigir é fácil, em Orlando. Se sobrar tempo, vá a Tampa, no Bush Gardens. Vale a pena! Aos poucos postarei mais dicas.

Quer ler mais sobre o assunto, acesse Roteiro fácil para visitara a Flórida.

Clique aqui e visite outros destinos na Flórida.


Santiago do Chile



Casa Ideas

Chegando a Santiago pelo aeroporto, para deslocar-se para o centro da cidade, você tem as seguintes opções:
  • Dependendo da hora, pode pegar o ônibus que vai para o centro e de onde parar, pegar um táxi ou o metrô para o seu hotel;
  •  Táxi é bem acessível. Não é tão caro em Santiago;
  • Ou você já terá em mãos um transfer para o hotel.
  • Os chilenos adoram os brasileiros. Por isso, não se preocupe tanto com o idioma. Eles tentarão se comunicar. O Chile, apesar da atual democracia, guarda uma disciplina militar bem rígida. Tem uma polícia bem preparada e educada. Boa para turistas. Tem uma  bonita polícia montada!

Em Santiago vale visitar:

Requinte em Las Condes
1 - Palacio La Moneda, no centro histórico da cidade - é o palácio do governo, onde houve a queda de Salvador Allende. Muito histórico o local e onde há a troca de guarda. Muito bonito! Pelo centro há também alguns museus; 
2 - Barrio Bella Vista - para as noites é imperdível.  Bairro mais antigo de Santiago. O espaço mais novo é o Patio Bella Vista - um conglomerado de casas noturnas. Bem gostoso este lugar;

3 - Tendo tempo de dia, ainda no Barrio Bella Vista, há a casa de Pablo Neruda, La Chascona, visitada algumas vezes por Jorge Amado e Zélia Gattai, e inúmeros nomes da literatura, onde aconteciam festas homéricas. Ainda no Barrio Bella Vista, ao lado de La Chascona, há a entrada para o funicular, que sobe ao cerro San Cristóbal, com a mais linda vista de Santiago e acesso ao teleférico que passa sobre as piscinas públicas da cidade. Para quem tem crianças a visita ao Zoo, na descida do morro, é uma boa opção. É uma chance de ver espécimes andinas;

4 - No centro da cidade há um Mercado Central, com uma profusão de restaurantes, com frutos do mar e produtos locais. Boa opção gastronômica!;

5 - Para se hospedar bem localizados por um preço interessante escolha o bairro de  Providência, que fica perto do metrô tem um comércio diversificado, bons hotéis e restaurantes.

6 - Para quem não se importa em gastar um pouco mais, recomendo o bairro de Las Condes, para quem prefere um lugar mais sofisticado.
Durante o dia há uma feirinha andina no Barrio Bella Vista. Não é especial mas abriga coisas típicas. Para boas compras recomendo o Shopping Parque Arauco. Bem moderno! Há também uma rede de lojas de artigos para casa, tipicamente chilena chamada Casa Ideas. Muito legal!
Vista da cidade com a cordilheira dos Andes ao fundo


Se você for no verão, talvez observe as cordilheiras geladas. Não é mais garantido desde o aquecimento global. A vista desde o shopping é boa para ver o gelo sobre as montanhas. 
Santiago fica localizada entre duas cordilheiras: do Mar e dos Andes. Por isso sofre com a poluição, apesar de ser uma cidade limpa. Entre os principais produtos de sua economia, estão o cobre, pescados e frutas. Por isso, aproveite! A pedra lápis lazuli adorna suas jóias de prata, bem em conta.

Leia mais sobre o Chile clicando aqui.
Conheça cidades da Bacia da Plata clicando aqui.


Azeda e Azedinha - Búzios - RJ - Brasil





 


Não há como preferir apenas um pedaço de Búzios (RJ - Brasil), pois há praias para todos os dias, para cada estado de espírito. Ao longo da vida postarei uma foto do que der na telha em Búzios. Azeda e Azedinha, pequenos pedaços de areia, sendo que a diminutiva sugere o que realmente é, ainda que agridoce... são paraísos na terra! O acesso a praia pode ser feito através de trilha, ou pelo mar, em um táxi barco!

Clique aqui para acessar mais sobre Búzios