sábado, 22 de setembro de 2012

Roteiro fácil para visitar a Flórida por conta própria

Por: Adriana Aguiar Ribeiro

Classificação: econômico, para primavera e verão

Fizemos este roteiro para você que quer conhecer algo mais na Flórida, além do batido pacote Miami com praias ou Orlando com Disney.

É necessário apenas uma boa noção de inglês e um espírito aventureiro para cumprir este roteiro. O resto é muita diversão em duas semanas de praia, parques, história, gastronomia e compras!
Na International Drive

1º diaSábado – voo com destino a Miami International Airport (MIA).

2º diaDomingoMiami - chegada a Miami pela manhã. Chegando ao aeroporto internacional de Miami, pegue um shuttle que levará você até o terminal de locação de carros. Com um voucher de carro (com GPS) alugado para duas semanas, previamente no seu país de origem, dirija-se a sua locadora e retire seu carro. Não há necessidade de carteira internacional para dirigir nos USA. Basta a carteira do DETRAN (para o caso de brasileiros).
Tenha em mãos o voucher e endereço da reserva previamente feita para um hotel em Miami Beach ou South Miami, que também é legal. Dirija para o hotel que estará a aproximadamente 30 minutos do aeroporto de Miami.
Neste primeiro dia você provavelmente estará um pouco cansado da viagem, por isso, aproveitar uma praia é sempre um programa relax.

Piratas do Caribe na Disney
3º diaSegunda-feira Miami - Aproveite para fazer qualquer coisa que te dê prazer, como ir à praia, às compras, ao Zoo de Miami (bom programa para quem viaja com crianças) ou andar pela orla em Miami Beach, curtindo o visual da arquitetura Art Deco do local.

4º diaTerça-feiraMiami/Orlando - pós o café da manhã arrume as malas e prepare-se para pegar a estrada. O destino é Orlando. Para chegar lá, recomendo pegar a Turnpike, que é uma via expressa paga, com pedágio, e a forma mais prática e confortável de chegar a Orlando. São aproximadamente 400 km de viagem com providenciais paradas espalhadas pela estrada, que reúnem posto de gasolina, uns quatro restaurantes de comidas diversas e banheiros limpos em cada ponto.   

Loja de tênis na International Drive
Se você optar por almoçar em Orlando, após fazer check-in no hotel (recomendo hospedagem nas  proximidades da International Drive, que é bem central) saia de carro para reconhecimento da Internacional Drive, com almoço no Sizzler (buffet de comida livre – all’u’can eat). Faça um passeio a pé nos arredores do restaurante. A Intl’drive é uma avenida com múltiplas atrações como o Ripley’s, uma casa de cabeça para baixo, lojas malucas, etc.
A noite vale passear no Old Town, rua de lojinhas ao ar livre, localizada em Kissimee (5770 W Irlo Bronson Memorial – route 192), que apresenta muitas atrações, como bump-jump, cart, shows ao vivo e muita diversão.


Haloween no Target
5º diaQuarta-feira Orlando - Hoje é dia de acordar cedo, tomar café da manhã, que pode ser em restaurante de café próximo ao hotel (com o tempo se enjoa do café típico americano – sugiro, com mais variedades e qualidade, o IHOP ou então se pode optar por comprar pão, manteiga, leite, queijo, frutas em um Wal-Mart e fazer o café na cozinha do quarto do hotel, a la brasileira). Saia para um dos parques da Disney – definido previamente. Gosto muito do Epcot Center e do Magic Kingdom – legal para adultos e crianças. Será um programa de dia inteiro. E se sobrar energias, à noite visitem o Premium Outlet da International Drive – shopping ao ar livre com ponta de estoque das melhores lojas americanas. Atenção que tem que verificar o horário dos shoppings que não costumam fechar muito tarde. Se o consumismo bater muito forte na madrugada, optem pelo Wal-Mart que não fecha nunca.

Loja Lego
6º diaQuinta-feira - Orlando - Hoje é um dia bom para ir a um dos parques do Universal Studios. Que tal muita adrenalina no Island of Adventure?  Se sobrar energia, que tal ir ao Pleasure Island para curtir a noite, no Downtown Disney Area?

7º diaSexta-feiraOrlando - Apesar das consecutivas idas aos parques recomendo que hoje ainda seja um dia destinado a eles, já que nos fins de semana, as filas ficam homéricas. Vale a pena visitar um dos parques da Seaworld Entertainment, como o Discovery Cove, o Seaworld ou o Bush Garden.


Nadando golfinhos:Discovery Cove
8º diaSábadoOrlando - Como ninguém é de ferro, hoje é um bom dia para relaxar na piscina do hotel, ou se você tem energia de sobra, ir para um parque aquático divertir-se na água. A tarde vale a pena ir aos shoppings outlet, ou mesmo as lojas de departamentos como o Target, o Best-Buy, ou farmácias da rede Walgreens, etc. Outra boa pedida é ir ao Downtown Disney  Market Place, um aglomerado de lojas também no Downtown Disney Area. Programa grátis, livre de entradas com lojinhas divertidas que reportam ao universo Disney. Aqui tem um Hard Rock Café. Está localizado dentro do complexo Disney.


Parada em Winter Park
9º diaDomingoOrlando/Winter Park/Daytona Beach - Se você deseja continuar conhecendo a Florida, hoje é dia de fazer check-out no hotel e pegar a highway 4-East, em direção a Daytona Beach, costa leste da Flórida. Recomendo almoço no caminho, fazendo uma parada em Winter Park em um dos diversos restaurantes especializados em comida italiana, chinesa, japonesa, tailandesa, entre várias outras. A cidade é uma graça, bem arborizada e encantadora. É um dos destinos favoritos das celebridades americanas. Após o almoço, retome a estrada em direção a Daytona. Feito o check-in no hotel (recomendo hotel a beira-mar, na 1A. Gosto do Sunviking Lodge.), aproveite o entardecer para curtir o por do sol nos arredores do Boardwalk, onde fica o Pier, com teleférico e elevador panorâmico.  Existem muitas lojinhas, cinemas e restaurantes nos arredores do Ocean Walk.
Daytona Beacha
 10º diaSegunda-feira Daytona Beach -  Como este é o primeiro dia em Daytona, vale a pena curtir a praia, pela manhã.  A tarde visite o Ponce Inlet Lighhouse, farol e museu e tenha uma vista espetacular de toda a região.  Não deixe de explorar a área de reserva natural ao redor e o Sea Turtle Rehabilitation, que cuida das tartarugas doentes, seja por ataque de tubarões, ou por engolir um saco plástico, ou embolar-se nas redes dos pescadores.

11º diaTerça-feira Daytona Beach - Daytona combina com praia, todos os dias. E a tarde, com exploração. Que tal conhecer de perto o Daytona International Speedway, uma verdadeira pista de corrida Nascar? Você pode comprar ingressos para o passeio no interior da pista. A lojinha da Nascar é bem legal. Estando por aqui, na W International Speedway Boulevard, não deixe de ir ao comércio nos arredores, que tem Target, Best Buy, K-Mart, Old Navy...  E vale visitar também o Volusia Mall (Aeropostale, Cajun & Café Grill, Dillard’s, JCPenney, Payless Shoes, Sbarro Italian Food, Sears, Victoria Secrets, etc.), também na International Speedway Boulevard.
Nascar Speedway - Daytona

12º diaQuarta-feira Daytona Beach/St. Augustine -Estando em Daytona Beach, uma boa pedida é fazer um passeio de um dia a Saint Augustine. Para chegar lá tome a I-95 North.

13º dia Quinta-feiraDaytona Beach - Um dia mais descansado pede muita praia pela manhã e uma visita ao Flea Market de Daytona Beach, pela parte da tarde. Se você não sabe, um flea market (Mercado de Pulgas) tradicional americano reúne fazendeiros e comerciantes de quinquilharias diversas. É divertido, bom para comprar camisetas, souvenires, malas extras, se você se excedeu nas compras, e ver uma série de coisas diferentes. O Flea Market está localizado saindo da W International Speedway Boulevard, próximo ao viaduto.

14º diaSexta-feira Daytona Beach - Se você é um bom madrugador, pode aproveitar o dia de hoje para aproveitar um pouco mais de Daytona. Pois amanhã será dia de retornar e pegar o voo de volta. Como os voos para a América do Sul costumam sair no entardecer ou à noite, dá para acordar cedo e fazer a viagem de volta para Miami no Sábado. Ou, se você preferir um retorno mais tranquilo, pode viajar até Fort Lauderdale, ou mesmo Miami Beach e pernoitar até o Sábado, dia de sua viagem de retorno.
Banheiros públicos rest area

15º diaSábadoDaytona/Miami - Hoje é dia de voar de volta para casa. Se você optou pela madrugada, saindo de Daytona Beach, tome a rodovia I-95 South, em direção a Miami. A rodovia I-95, ao contrário da Turnpike, é pública, isto é, não é paga. Para parar para banheiro, procure os Rest Areas, áreas de descanso, seguras, que oferecem banheiros e máquinas de bebidas e snacks, ao longo da rodovia. Para restaurantes ou postos de combustível, opte pelas saídas para cidades vizinhas. Na estrada disponibilizam placas informando os restaurantes que serão encontrados nestas saídas. Seu destino é o aeroporto internacional de Miami. Muita atenção ao caminho e uma boa viagem de regresso!

Outros toques:
• Em praticamente todas as cidades nos USA você encontra lojas de departamentos, restaurantes ou farmácias de redes como Walgreens, Target, Wal-Mart, Best Buy, I-Hop, Burger King, Dunkin Donuts, etc. Basta buscar a localização através dos sites.
Entrada do rest area
• Você pode optar por voltar ao seu país através do aeroporto de Orlando, que fica bem mais perto de Daytona do que Miami.
• Para evitar transtornos em sua viagem, obedeça rigorosamente toda a sinalização de trânsito e  respeite sempre o pedestre.
• Em Daytona tem uma loja do Krispy Kreme Doughnuts, que considero os melhores donuts do mundo!

A Florida é muito mais do que tudo isso. Por isso, programe-se para voltar e conhecer muito mais em outra oportunidade!

5 comentários:

  1. Fizemos alguns desses passeios... foi ótimo!!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu amiga! Muito abrigada pelas dicas!Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post,

    Gostaria de saber se você reservou os hoteis antes ou fez na hora mesmo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcelo!
      Agradecemos sua visita aqui no Viajando com Puny. Muito boa a sua pergunta, que tentamos responder abaixo:
      Sobre nossos roteiros, costumamos planejá-los com detalhes antes da viagem e isso inclui fazer as reservas com antecedência.
      Principalmente nos Estados Unidos, reservar no balcão do hotel pode custar muitas vezes mais o valor reservado com antecedência pela internet. Por motivos de segurança preferimos, quando possível, fazer as reservas diretamente com os sites dos hotéis (sem intermediários operadores) e preferimos as redes conhecidas.
      Esperamos tê-lo ajudado!
      Um abraço,
      Puny e Equipe

      Excluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!