sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Hallandale / Hollywood Beach – na Flórida

Com hospedagem no Crowne Plaza Hollywood

Por: Adriana Aguiar Ribeiro

Ano passado fiz uma postagem aqui falando das vantagens de visitar Hollywood Beach na Flórida. Procurei abordar ao máximo as delícias locais. Hoje não tenho grandes novidades, mas venho aqui só para contar que este ano voltamos lá. Quando a gente gosta muito de um local,  sempre volta. 

Na verdade o nosso destino principal era a praia de Daytona Beach. Mas como optamos pelo aeroporto de Miami para desembarcar de um voo proveniente do Brasil, utilizamos Hollywood como parada para descansar antes de seguir para Daytona. 

Gostamos de ficar hospedados no mesmo hotel, que fica bem pertinho da praia de Hallandale. Não pergunte o porquê, mas este pedacinho de praia tem uma magia encantadora. Principalmente devido à fauna local – o mar parece uma rota de cardumes que passam em quantidades volumosas e, consequentemente, a praia vive cheia de gaivotas, atobás e pelicanos, em busca de alimentos. Sempre tivemos sorte de pegar dias ensolarados e a praia com águas mornas e tranquilas.

Vou fazer propaganda aqui no blog, mas informo que não ganhamos nada para isso. O Viajando com Puny por enquanto não anuncia, nem tem fins lucrativos. Quando a gente indica um estabelecimento é porque há realmente alguma coisa que nos surpreendeu ali. Neste caso, o Crowne Plaza Hollywood Beach Resort é o nosso queridinho.

Por quê? A localização perto da praia de Hallandale. A piscina maravilhosa. O canal por onde passa o Water Taxi, que faz passeios, levando até Fort Lauderdale. Também pelas dependências bacanas do hotel, assim como seus quartos. O restaurante que serve drinques, refeições e sanduíches esplêndidos. Só não damos destaque para o café da manhã, pois pelo preço cobrado, não merece um Uau! Mas dentro do hotel tem uma lojinha Starbucks que substitui o café do hotel por um preço mais camarada. 

Além disso, no entorno deste hotel tem um Wal-mart e muito comércio prático, como restaurantes diversos e um Walgreens. 

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Viajando com Puny está no Instagram!

Oi, gente! Finalmente estamos divulgando aqui o Instagram do Viajando com Puny. Lá a gente publica algumas fotos que não foram divulgadas aqui no blog. / Hi, people! Finally we are spreading here Viajando com Puny Instagram’s account. There we publish some photos that we didn’t show here in the blog.

Se vocês observarem, procuramos publicar sempre um trio de fotos de um mesmo lugar. Todas as fotos são de nossa autoria e dos lugares que visitamos. / If you note, we look publish always a group of three photos of a same place. All the photos are ours.

Buscamos publicar fotos alternadas dos vários continentes e com a maior frequência possível. / We try publishing photos from the various continents and with the more frequency possible.

Para ver todas as fotos, apareça por lá! / To see all the photos, go there!

Siga-nos no @viajandocompuny / Follow us @viajandocompuny

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Sky Costanera - Santiago do Chile


A Maior Torre da América Latina


Medindo 300 metros de altura, a maior torre da América Latina está localizada em Santiago do Chile. Inaugurada em 2013 a Sky Costanera é uma atração a ser colocada em seu roteiro de viagem à capital chilena.  Elevadores super-rápidos conduzem os visitantes em menos de um minuto ao topo da torre. A entrada é paga, mas a vista de toda a cidade vale a pena.  


Se você tiver sorte de pegar um tempo limpo, a vista será a melhor. Se você for a noitinha, vale a pena ficar para ver o por do sol. No verão ele acontece por volta das 20 horas. Lembrando que o elevador encerra às 21h. 

A Sky Costanera fica localiza no centro de Santiago, sobre o Costanera Mall, um shopping de tamanho médio e bom para pequenas compras e refeições. 

Se você ficar para visitar o shopping, vale a pena pegar seu On Tour, que é um guia de descontos exclusivos para turistas. Para retirar o livro de cupons de descontos o turista (estrangeiro) deve apresentar o passaporte ou RG no On Tour, que fica localizado no piso 2 do Costanera Mall. Este programa dá muitos bons descontos para lojas e restaurantes.

Horário de funcionamento da torre Sky Costanera:


segunda-feira a Domingo das 10h às 22h

Os preços dos ingressos variam, custando menos de segunda a quinta-feira quando um adulto paga algo em torno de 5.000 pesos (aproximadamente 7.50 dólares). Crianças menores de 4 anos não pagam. Para saber os preços atualizados para todos os dias e idades acesse aqui.

Indo de Metrô:

  • Para chegar lá de metrô você deve descer na estação Tobalaba.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Gran Cayman - Desembarcando em Georgetown



O arquipélago formado pelas Ilhas Cayman (Gran Cayman, Pequena Cayman e Cayman Brac) compõem um território ultramarino britânico (apesar de serem controladas pela coroa britânica, essas ilhas têm seu próprio governo que as administra, ficando o Reino Unido encarregado da sua proteção, dos negócios e das relações externas). Ficam localizadas no Caribe e seus vizinhos mais próximos são a Jamaica e Cuba – aproximadamente 300 quilômetros de distância. 


Em  um cruzeiro com a Royal Caribbean, visitamos esta ilha por um dia, no início de setembro. O navio ancorou e desembarcamos em barcos auxiliares que nos levaram ao porto de Georgetown – a capital das ilhas, localizada em Grand Cayman. 

As pesquisas que fizemos indicavam que poderíamos pegar um táxi no porto para nos deslocar até as praias. Nosso destino, Seven Mile Island – uma bonita praia de águas muito azuis – custaria algo em torno de 5 dólares por pessoa. Mas logo quando saímos para procurar o táxi, encontramos um ônibus, que iria até a de Seven Mile Island, seguindo para outros destinos mais, ao preço de apenas 2 dólares e 50 centavos por pessoa. Um detalhe divertido é que o motorista do ônibus vai acenando em busca de possíveis passageiros provenientes do cruzeiro. Funcionou muito bem este transporte  e recomendamos. 

Apesar do dia nublado, estava quente e nem a chuva tímida que caiu em alguns momentos nos impediu de aproveitar a praia. Em Seven Mile Island alugam cadeiras e guarda-sóis (5 dólares a peça). Há bares, barracas de venda de água de coco, bebidas e comidas típicas na praia. A orla é muito bonita e arriscamos snorkeling para ver uns poucos peixes. Passamos um dia de praia agradável. As praias são públicas e a sensação é de segurança no local. 

Nossos planos eram dali ir até Tiki Beach, para conhecer. Mas com o pouco tempo disponível, preferimos retornar no mesmo ônibus para a cidade, em busca de wi-fi grátis. 

Andamos pelo centrinho e constatamos que Georgetown é semelhante a algumas cidades caribenhas que visitamos, como nas Bahamas e em St. Marteen. Suas ruas são organizadas e limpas. Seu comércio tem lojas de joias, relógios, diamantes e alguns suvenires. Nada especial em termos de compras, artes ou artesanatos.

Utilidades:

Idioma falado: inglês
Moeda oficial: dólar das ilhas Cayman (KYD). Mas dólares americanos e cartão de crédito são amplamente aceitos. 
Gastronomia típica: rum punch e bolo de rum.